Surge mais um prestador de serviço: o burrotáxi

dia quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

O burrotáxi não é uma invenção de um upanemense. A sua origem, segundo a enciclopédia Wikipédia, é espanhola. “Burrotaxi é um singular e original transporte utilizado no município espanhol de Mijas, província de Málaga nas costas de um burro que faz rotas turísticas pela referida localidade. Não se sabe a sua origem, talvez a escassez de transportes rodoviários na localidade, quando o turismo se começou a desenvolver por toda a região de Costa Blanca, onde está inserida Mijas.” dos anos 60, em Mijas-Pueblo, alguns trabalhadores que regressavam às suas casas de burro, eram abordados pelos visitantes no sentido de tirar fotografias ou dar uma volta pela povoação. Quase sempre, as gorjetas ultrapassavem os seus salários. Surgiu, assim, um novo ofício. Atualmente, os Burrostáxis são uma verdadeira instituição de Mijas e uma das suas principais atrações turísticas, chegando a ser mais de meia centena e obrigando a Câmara Municipal da localidade a construir um parque de estacionamento especial para os burros. Nos dicionários de linguagem popular em que pesquisamos, não encontramos sequer uma vez a palavra burrotáxi. O termo mais aproximado foi “burro-sem-rabo” no Calepino Potiguar, do escritor Raimundo Nonato. Burro-sem-rabo tem um significado muito diferente. Significa “pequeno carro para transporte de bagagens e volumes”. O burrotáxi também já constou da programação no “Mossoró cidade-junina”. O jornalista Emery costa fez menção da palavra na coluna que escreve em “O Mossoroense: “Quando se diz que Mossoró é única em vários episódios, ainda tem gente que não quer acreditar. Imaginem que um concidadão criou o que ele mesmo chama de "burrotáxi" que nada mais é do que uma carroça tracionada por um dito-cujo, adaptada para serviço de transporte de passageiros contando com assentos alcochoados, cobertura e garantia de proteção contra intempéries. Era só o que faltava, mas o fato é que o "Burrotáxi" anda circulando pelas ruas da cidade.” Aqui em Upanema há muitos anos existe o serviço de transporte de pequenas encomendas como areia, tijolo, telha, móveis e outras bagagens afins. Como é de praxe, uma carroça é puxada por um burro ou cavalo. Até aí, tudo bem. Só faltava ser chamado de burrotáxi. Como vimos, o burrotáxi já existe há muito tempo na Espanha, em Mossoró e quiçá noutras localidades, porém vale lembrar que lá eles têm a função de carregar pessoas, ou seja, fazem o papel de um táxi convencional, seja em forma de carro motorizado ou de motocicleta. A diferença do nosso burrotáxi é que ele faz o serviço de frete de bagagens, como oi mencionado no começo desse parágrafo. Outro aspecto a considerar são os enfeites na carroça e na testa do burro (v. Fotos) Assim, o verbete “burrotáxi” a partir de agora tomou outro significado.

Fonte: Jornal de Upanema

Comentários
0 Comentários

0 comentários: