.

.
 

Postagem em destaque

MORADORES DENUNCIAM LIXO EM SUAS RUAS

::lixo          Os moradores da Rua Capitão José Gomes de Souza Bastos não conseguem dormir e nem conversar nas calçadas de suas casas de...

[EXCLUSIVO] ENTREVISTA COM O VEREADOR E EX-SECRETÁRIO DE AGRICULTURA AISAMAQUE DALYTON

dia quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016
Entrevista com o vereador Aisamaque Dalyton - PT
::entrevista
         O vereador Aisamaque Dalyton, ex-secretário de Agricultura do município, concede entrevista exclusiva ao blog Upanema News e fala sobre o abandono que o homem do campo vem sofrendo. Péssimas condições das estradas e principalmente o corte de terras são os principais temas da entrevista. Confira:

Upanema News - Apesar do inverno já ter iniciado, a prefeitura informou que ainda está realizando o cadastro dos agricultores que desejam cortar suas terras para plantarem. Quando era feito esse mesmo cadastro quando o senhor era secretário?

Aisamaque - Sempre iniciávamos no mês de Agosto/setembro do ano anterior em consonância com a inscrição do Programa Garantia Safra – PGS. Em parceria com os representantes das associações, agendávamos reuniões nas áreas de assentamentos/comunidades rurais e fazíamos in loco. Avaliávamos os referidos programas e a partir daí, ouvindo os agricultores, nossa equipe efetuava as inscrições.

Upanema News - Sabemos que a grande maioria dos tratores que antes cortavam a terra dos agricultores hoje se encontram quebrados. Eram quantos os tratores que aravam as terras antes e hoje quantos tratores a prefeitura pode contar para o corte de terras?

Aisamaque - Chegamos a trabalhar com 24 (vinte e quatro) máquinas agrícolas. Dividíamos o município por setores e a partir daí, monitorava o andamento e os setores mais atrasados. Hoje, vejo poucas quantidades de maquinas disponíveis. Com isso, o nosso agricultor fica prejudicado pois vai plantar mais tarde.

Upanema News - Estamos vendo algo novo em tratando-se de corte de terras. Muitos agricultores estão procurando tratores particulares por não aguentarem esperar pelas máquinas oferecidas pela prefeitura. Qual sua opinião sobre essa falta de ação da prefeitura?

Aisamaque - Isso é um retrocesso. Upanema pelo potencial agrícola que tem o poder público precisa oferecer melhores condições para que o homem/mulher permaneçam no campo produzindo e alimentando a cidade e o apoio ao corte de terra é fundamental.

Upanema News - O Fórum das Associações é um importante órgão de apoio ao homem do campo. Essa instituição hoje está fortalecida?

Aisamaque - O Fórum das Associações Rurais sempre pautou o corte de terra como uma das políticas públicas de maior destaque para a zona rural. Em anos anteriores, reuníamos com os gestores locais e discutíamos formas/meios de como aperfeiçoar essa ação. Era uma ação que funcionava em conjunto com o movimento sindical, social e com o associativismo local. Hoje, observo que existe um enorme distanciamento do poder público com o “coletivo” que compõem o Fórum das Associações Rurais e com isso, todas as ações ficam prejudicadas.

Upanema News - O prefeito prometeu em programa de rádio que iria utilizar o dinheiro não gasto com a realização do carnaval para construir açudes e barreiros na zona rural. Como conhecedor de nossa zona rural o senhor pode informar se estas obras estão ocorrendo?

Aisamaque - Neste período, o homem/mulher do campo espera o início das chuvas para efetivar o seu plantio. A construção de cisternas, açudes, barreiros... ficam prejudicadas em função de uma má qualidade no serviço. Ouvindo a população, observasse isso...

Upanema News - A situação das estradas que interligam nossa vasta área rural estão recebendo a devida atenção por parte da prefeitura? Podemos dizer que o homem do campo está satisfeito com as estradas rurais?

Aisamaque - Na pauta de reivindicações da agricultura familiar, as estradas vicinais ocupam lugar de destaque. Com o apoio do governo federal através do PAC II, ofertando aos municípios máquinas e equipamentos capazes de oferecer a zona rural melhores vias de acesso e de produção, acreditávamos que essa pauta estava vencida. Porém, o que vivenciamos ainda são as péssimas condições de tráfego na zona rural. E com a chegada do período chuvoso, as nossas vias de acesso só tendem a se prejudicar. Uma tristeza, pois ter um bom acesso é fundamental para a boa qualidade de vida no campo.   


Comentários
0 Comentários

0 comentários: