ESPORTE

dia domingo, 10 de fevereiro de 2008
Ciente de que o ataque do Baraúnas está longe de ser pelo menos mediano, a diretoria do clube tenta agir para que na partida da próxima quarta-feira, contra o Criciúma, pela Copa do Brasil, o técnico William Oliveira já possa contar com uma opção a mais. O atacante Geraílton está chegando, vindo do Atlético de Cajazeiras, da Bahia, para mostrar que está além das qualidades de Naldo, Franklin e Touchet. Também para ser pior é melhor nem desembarcar em Mossoró. A ansiedade do torcedor é para saber se enfim alguém no time contará com competência para fazer com que as jogadas criadas sejam concluídas em gol, e não apenas em escanteios e tiros de meta para o adversário.
Fonte: Gazeta do Oeste
Comentários
0 Comentários

0 comentários: