RESENHA DA CÂMARA

dia terça-feira, 18 de setembro de 2007
Na última sessão legislativa da Câmara Municipal de Vereadores, dia 13, foi discutido apenas o resultado do concurso público. O presidente Nonato Garcia explicou o motivo de a empresa não ter entregado a prova aos candidatos. Segundo Nonato, a empresa informou que essa regra estava no edital e cabia ao candidato conhecê-lo. Outro motivo é devido ao fato de algumas pessoas não marcarem na prova e quando saia o gabarito, marcava todas as corretas e anunciavam que tinha acertado todas as questões. Quando saísse o resultado, que seu nome não aparecesse, todos iam dizer que o concurso tinha sido fraudado, o que era ruim tanto para empresa quanto para a Câmara.

A vereadora Maria José solicitou que fosse aprovado um requerimento para ser enviado a Secretária de Agricultura do Estado, Larissa Rosado, pedindo um cata-vento para a comunidade de Pinhões, neste município, para estimular a plantação de milho, feijão etc.
Comentários
0 Comentários

0 comentários: