.

.
 

Postagem em destaque

MORADORES DENUNCIAM LIXO EM SUAS RUAS

::lixo          Os moradores da Rua Capitão José Gomes de Souza Bastos não conseguem dormir e nem conversar nas calçadas de suas casas de...

OS TRANSPORTES E A ECONOMIA - TEXTO 22 ENVIADO PELO PROFESSOR HOLANDA

dia domingo, 8 de maio de 2016

Um país desenvolvido tem um sistema de transporte organizado de tal forma a oferecer as condições necessárias pra se ter uma economia funcionando em perfeita harmonia com as reais demandas da sua população. Não há desenvolvimento onde não se emprega um sistema de transporte capaz de reduzir custos para ofertar mais produtos com qualidade e quantidade acessível a todos. Já nos países subdesenvolvidos, os transportes encarecem em muito o custo dos produtos mais necessários.  
No caso do Brasil, a indústria e comércio sofrem os efeitos da existência de meios de transportes inadequados ao desenvolvimento econômico. Transportar matérias-primas e produção através dos transportes terrestres como caminhões é a certeza de produtos mais caros e em quantidades inferiores e a um espaço de tempo maior. Todos sentem a diferença na hora de usufruir dos benefícios que a indústria pode oferecer; produtos mais caros e a redução do mercado consumidor afetado pelo baixo poder aquisitivo da maioria da população brasileira. 
Um país não pode esquecer suas estradas e seus meios de transportes; a eficiência econômica de uma nação sempre vai passar pela existência de boas estradas e do uso adequado de meios de transportes que ofereçam mais competitividade entre as empresas e que as mesmas possam oferecer quantidades suficientes de produtos e com preços mais adequados à capacidade de compra de cada cidadão.  
É preciso que cada prefeito, governador ou presidente possa oferecer ao país sistemas de transporte que funcione de verdade e que boas estradas auxiliem na qualidade do serviço prestado a cada brasileiro. Pelo país afora encontramos uma realidade que parece ser uma constante: as estradas sob o comando municipal são as mais precárias. Não conseguem oferecer o mínimo para que a produção de produtos seja escoada que o seu devido consumo seja efetivado. Não há economia sólida quando se tem um cenário tão negativo.  
Não é possível o fortalecimento de uma economia vítima de cenários tão depreciativos. Se não tem estradas e nem meios de transportes que consigam reduzir gastos e nem oferecer produtos em maior quantidade e a preços mais acessíveis, não se pode ter uma econômica sólida com a  possibilidade de oferecer mais empregos com consequente aumento do consumo de produtos.  
O sucesso econômico de um país passa naturalmente pela existência de meios de transportes eficientes e de estradas bem conservadas. Tudo fica mais fácil pra que a produção se efetive e que os produtos cheguem ao destino final. O comércio funciona ofertando produtos de acordo com a demanda e a economia consegue funcionar perfeitamente com mais empregos e a certeza de um mercado consumidor sempre crescente. Os países desenvolvidos de Primeiro Mundo tem na sua base de transporte, o transporte ferroviário. Transportar matérias-primas e produtos fica mais barato. Toda a economia ganha com a adoção desse tipo de meio de transporte.  
Comentários
0 Comentários

0 comentários: